Semana de Moda em Londres

De 14 à 18 de fevereiro ocorreu a Semana de Moda em Londres com as coleções outono/inverno 2020-2021. Quer saber quais foram as principais tendências e acontecimentos que marcaram esta edição? Então vem com a gente!

O impacto do coronavírus

Os chineses são os maiores consumidores de luxo em todo o mundo, mas infelizmente a presença desse público na semana de moda foi prejudicada devido às restrições de viagem. Mais de 74 mil casos de Covid-19, doença causada pelo coronavírus, foram confirmados na China e infelizmente mais de 2 mil faleceram.

Essa ausência já era prevista pelos organizadores do evento, o British Fashion Council, organismo que representa a moda britânica, realizou um acordo com o site Business of Fashion China para realizar uma cobertura completa do evento. Além disso, foram tomadas algumas medidas de prevenção durante o desfile.

As Mangas Bufantes

Não é novidade para ninguém que as mangas bufantes estão em alta, não é mesmo? Inclusive, temos um post exclusivo para elas aqui no blog. Victoria Bechkam trouxe looks de alfaiataria impecáveis e apresentou uma versão chic das mangas volumosas, confira:

Foto: Reprodução.

Botas Extravagantes

Outra tendência que Victoria levou para as passarelas foram as botas, mas calma, não estamos falando dos modelos simples, estamos falando de botas com canos altíssimos, texturas diferentes e cores variadas.

Foto: Reprodução.

Em notas sobre a sua coleção, Beckham fez algumas declarações: “É sobre criar uma coleção que seja boa o suficiente para a passarela, mas também que seja inteiramente usável”, uma “Tensão entre o refinamento e a rebelião”, “Este jogo é o que chamo de minha doce revolução”.

Babados e Volumes

Outros detalhes que marcaram presença na Semana de Moda em Londres foram os babados e os volumes nas peças. A coleção de Molly Goddard veio para confirmar que eles estão ganhando cada vez mais força.

Foto: Reprodução.

Podemos notar que a transparência e a sobreposição estão sendo muito exploradas no look’s de Molly. Pode usar e arrasar, principalmente no Outuno/Inverno.

Gola Alta e Sobretudos

A Burberry apostou na gola alta em sua coleção outono/inverno 2020-2021, sendo ela “fake” ou da própria peça, dá uma olhada:

Foto: Reprodução.

Essa coleção foi criada por Riccardo Tisci e apelidada de “Memories”, afinal foi inspirada nas memórias de suas viagens entre Londres e Índia.

“A memória deste momento especial e formativo da minha vida é o que influenciou essa coleção – desde os lugares que visitei e as pessoas que me cercavam até a música que me inspirou. É neste lado da minha jornada pessoal que eu queria me misturar com os códigos e o idioma que comecei a definir aqui na Burberry” declarou o diretor de criação.

Como resultado, tivemos uma coleção com peças clássicas, como trench coat, duffles, sobretudos e outras, sendo a maioria na cor bege mas combinadas com estampas, técnicas e tecidos modernos. Veja só o resultado:

Foto: Reprodução.

Moda sustentável

Assim como ocorreu no Oscar 2020, cada vez mais criadores se preocupam com o impacto da moda no meio ambiente e optam por materiais renováveis ou artesanais locais.

Com um casting diversificado, Tommy Hilfiger apresentou looks casuais com um toque esportivo, além de destacar a parte sustentável de suas criações. 75% das peças utilizam algodão orgânico, tecidos recicláveis e lavagens de jeans que causam menos impacto ambiental. Confira alguns looks:

Foto: Reprodução.

Além de Tommy, outras coleções também abraçaram a moda sustentável, como as dos britânicos Mulberry, Johnstons of Elgin e Phoebe English, onde a produção das peças acontece toda na Inglaterra.

Os ecologistas do movimento Extinction Rebellion exigem medidas urgentes para combater a “exploração do planeta, das pessoas e dos animais” pela indústria da moda.

Extravagância

Nesta categoria, tivemos duas coleções que se destacaram. Primeiramente vamos falar de JW Anderson que sempre impressiona. Desta vez ele apostou em looks que exploravam tudo, desde volumes, movimento, textura, silhuetas e muito mais.

Foto: Reprodução.

A coleção Richard Quinn exibiu looks exuberantes e foi aplaudida de pé. Muitas estampas florais, multicores, volume, plumas e outros resultaram em uma apresentação memorável.

Foto: Reprodução.

Agora queremos saber de você, qual foi a coleção que mais lhe agradou? Gostou de alguma que não está no post? Conta pra gente nos comentários.

Quer ser modelo? Efetue um cadastro conosco e participe de diversas seleções.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Home